Senseware

[pequenos ensaios críticos sobre arquitetura e arte contemporânea]

onde está a genialidade da arquitetura?

with 3 comments

2

O que me desperta paixão e me faz sentir feliz com a profissão que escolhi é descobrir que sei o que quero fazer e que tipo de profissional quero ser. Quando encontro uma boa arquitetura sinto a prazerosa ansiedade de um dia poder fazer algo tão bom quanto aquilo que observo. Ultimamente tenho me deparado com uma infinidade de cores e formas bastante estimulantes, daquelas que parecem querer estabelecer a qualquer custo o seu valor, a sua imagem. As vezes me perco em pensar que o mundo pode esperar apenas isso de um arquiteto: uma imagem bonita que possa aparecer mais. Mas, se me encontro com aquela arquitetura que me tranquiliza, volto a ter esperanças e a me lembrar que também existe uma parcela do mundo que entende que o valor não está na previsibilidade e na obviedade das coisas. O silêncio pode revelar muito mais que os gritos forçados de uma arquitetura sem voz. Espero que essa parcela nunca desapareça!

A capela projetada por Paulo Mendes da Rocha e Eduardo Colonelli em meio ao ateliê e ao museu de Brennand, em Recife, é sem dúvida alguma um rico exemplo de uma dessas arquiteturas silenciosas que fazem bem ao espírito. É muito bonito ler esse projeto, apenas pelas imagens. É claro, é simples, é exatamente aquilo que deveria ser.

A capela se ergue entorno das ruínas de uma casa e os arquitetos tomaram todo cuidado para preservar o antigo sem comprometer o novo. A análise do projeto pode ser encontrada em vários sites da internet, como o http://www.arcoweb.com.br ou http://archrecord.construction.com/, onde li sobre o projeto. Mas, este post é de fato apenas para admirar a beleza desta obra e constatar que  inteligência e sutileza pode ser mais elegante que o glamour efêmero de uma imagem bonita.
1

3

4

7

5

6

8

9

Rafael Alcantara

Anúncios

Written by Rafael Alcantara

16 de setembro de 2009 às 4:51 am

Publicado em Arquitetura

Tagged with

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Parabéns….

    regina

    17 de setembro de 2009 at 1:15 pm

  2. grande rafa!
    parei para ler algumas das suas postagens e “for the love of art and the making” foi o que pensei, pois não são todos que valorizam o processo que antecede uma obra de arte.
    não consigo ler arquitetura e outras artes como vcs, colegas, mas sei que intenções e significados são mais importantes que aparecer mais. A mim, cabe valorizar o esforço suado, porém cheio de dedicação e amor de todas as artes; seja o de uma equipe de profissionais responsáveis por esta capela, ou o de um padeiro que acorda as 4 h para que outros comam um pedaço de pão.
    abraço!

    marcoso

    18 de setembro de 2009 at 2:01 am

    • em vez de “de uma equipe”, leia “da equipe”
      eheh

      marcoso

      18 de setembro de 2009 at 2:04 am


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: